Clique para avaliar!
[Total: 1 Média: 5]

Quais são os seus sonhos?

Quanto é aventureiro? Quanto é esforçado na procura dos seus sonhos? Já pulou sozinho de paraquedas? Já escalou uma montanha? Já fez rapel? Já mergulhou? Já acampou? Já esquiou na neve? Já caminhou sozinho na mata ou no deserto? Já fez um voo de asa delta? Já empreendeu? Já liderou um projeto? Já escreveu um livro? Todas essas atividades requerem uma boa dose de esforço, aventura e preparação. Com com qual grau de planejamento e segurança executou as tarefas mais arriscadas? Já desistiu de alguma atividade por medo?

Quantas pessoas deixam de fazer coisas e viver aventuras por medo, por falta de preparação ou porque ficam planejando e preparando seus projetos por anos esperando interminavelmente o melhor momento para a ação? Você é uma delas? Você se sente refém das suas limitações imaginárias ou da sua falta de conhecimentos? O que faz para corrigir essa situação?

Você é preguiçoso ou perfeccionista?

Infelizmente, muitas pessoas nunca terão a oportunidade de realizar seus sonhos por falta de vontade ou por causa das suas limitações imaginárias. As duas maiores limitações são a preguiça é o perfeccionismo. A primeira limitação é a preguiça. Ela não nos leva a lugar algum. Ela apenas nos faz permanecer onde estamos agora.  A segunda limitação é imaginária.  Trata-se da perfeição! A perfeição não existe! Portanto, como nunca conseguimos alcançá-la ela se torna o inimigo de qualquer sonho ou projeto.

Os cinco tipos de sonhadores

Que tipo de sonhador você é? Consegue realizar seus sonhos? É um sonhador preguiçoso? Perfeccionista? Curioso? Estudioso? Esforçado? O gráfico que segue ilustra como podemos classificar os sonhadores em cinco grupos dependendo do nível de esforço que eles são capazes de fornecer no tempo para a realização dos seus sonhos e objetivos.

Fonte: Aventura.net.br

A curva que não foi voluntariamente incluída no gráfico é a curva do sonhador preguiçoso. Ela é invisível porque esse grupo de pessoas não é capaz de ir para a ação por iniciativa própria. O sonhador preguiçoso é reativo e é capaz apenas de um esforço muito baixo. Por isso ele não consegue realizar os seus sonhos. Ele participa da realização dos sonhos dos demais grupos. O sonhador preguiçoso é um puro sonhador!

A curva azul é a curva do sonhador curioso. Ele fornece um esforço baixo (k=1) e consegue atingir uma boa preparação (75%) no prazo de 3 anos. O prazo de realização do sonhador curioso é de mais de 3 anos.

A curva verde é a curva do sonhador estudioso. Ele fornece um esforço médio (k=2) e consegue atingir uma boa preparação em um ano. O prazo de realização do sonhador estudioso é de 1 a 2 anos.

A curva vermelha é a curva do sonhador esforçado. Ele fornece um esforço alto (k=3) e consegue atingir uma boa preparação (75%) em apenas alguns meses. O prazo de realização do sonhador esforçado é de alguns meses a um ano.

O sonhador perfeccionista é um esforçado que tem uma mentalidade de zero defeito e procura a perfeição. Para ele uma boa preparação é uma preparação que tem menos de 5% de margem para o erro. O prazo de realização do sonhador perfeccionista é de no mínimo 2 a 3 anos.

Assim, acabo de definir cinco tipos de sonhadores (preguiçoso, curioso, estudioso, esforçado e perfeccionista) que podem ser mais ou menos prudentes ou aventureiros.

O “sonhador preguiço” quando é prudente, nunca consegue realizar seus sonhos, porque ele se esforça muito pouco e nunca consegue atingir um nível de preparação suficiente para partir para a ação. Quando o sonhador preguiçoso é aventureiro, ele parte para a ação por impulso, sem nenhuma preparação e se expõe geralmente a riscos excessivos e a acidentes graves porque ele não planeja nada e sempre conta com a ajuda de algum esforçado.

O “sonhador curioso”  quando é prudente, consegue realizar seus sonhos somente no longo prazo (entre 3 a 5 anos), porque ele é pouco focado e demora muito tempo para atingir uma boa preparação. Quando o sonhador curioso é aventureiro ele parte para a ação assim que ele considera que já adquiriu conhecimentos suficientes, o que com frequência é prematuro e se expõe, portanto, a riscos excessivos, acidentes graves ou mais simplesmente ao fracasso, porque ele não se preparou adequadamente.

O “sonhador estudioso” quando é prudente, consegue realizar seus sonhos num horizonte razoável porque ele é mais focado do que o curioso e consegue atingir em médio prazo uma boa preparação. Trata-se de uma pessoa que consegue partir para a ação de um ano para outro e que consegue realizar seus planos em até 2 anos. Quando o sonhador estudioso é aventureiro, ele parte para a ação antes de ter conseguido uma boa preparação e se expõe ao fracasso que pode levá-lo a desistir dos seus sonhos.

O “sonhador esforçado” é capaz de adquirir uma boa preparação muito rapidamente e começa rapidamente a planejar a ação assim que ele atingir um nível de preparação que considerar suficiente. Quando ele é prudente, ele tende a se preparar excessivamente antes de partir para a ação. Por esse motivo, mesmo se ele consegue realizar seus sonhos rapidamente, ele acaba perdendo um tempo precioso que ele poderia ter dedicado para outras atividades ou projetos. Quando o sonhador esforçado é aventureiro, ele parte para a ação assim que conseguir uma boa preparação e não se prepara excessivamente. De todos, ele é o mais produtivo. Sempre cheio de projetos e de realizações. Ele fica constantemente em processo de desenvolvimento contínuo porque ele é muito ativo e se prepara sem excessos, limitando as perdas de tempo. O esforçado aventureiro pode conhecer o fracasso em projetos que requerem uma preparação minuciosa, sem nenhuma margem para o erro. Por isso, ele se associa com frequência com o esforçado prudente e contrata o perfeccionista.

O “sonhador perfeccionista” é uma pessoa esforçada, porém que considera que deve saber quase tudo antes de ir para a ação. Ela tem como limitação imaginária a perfeição. Ela acredita que precisa saber tudo para fazer qualquer coisa e prepara seus projetos durante anos ou décadas.

Gestão dos sonhos

Que tipo de sonhador você é? Você gerencia adequadamente todos seus sonhos?

Gerenciar sonhos consiste em transformá-los em realizações. Isso passa necessariamente por uma fase de planejamento e uma fase de execução. Não existem planos perfeitos, mas mesmo assim precisamos sempre ter um plano inicial. O importante não é estar completamente preparado, mas estar preparado o suficiente para poder correr atrás dos nossos sonhos! Aproximar-se da perfeição não é um processo teórico, mas prático. A excelência vem com a prática! Não procure a perfeição, procure a excelência!

A realização de um sonho depende bem mais da nossa capacidade de aprender do que de conhecimentos. Os conhecimentos são recursos, mas a capacidade de aprender é que faz a diferença. Estudar permite aprender com os erros dos outros antes de cometer os nossos próprios erros. Detalhes fazem sempre a diferença, mas não devemos planejar e nos preparar até nos mínimos detalhes! Isso é uma perda de tempo. Perder tempo não é um risco. É uma perda! A vida é curta e o tempo é escasso!

Sonhe, esforce-se, planeje sem excessos, acredite e vá ao encontro dos seus sonhos o mais rapidamente possível! O tempo passa! Não tenho medo de fracassar! A vida acaba! Encare o fracasso como um aprendizado. Ninguém aprende a patinar, esquiar ou surfar sem cair! Os prazeres instáveis são aqueles que requerem mais equilíbrio!