As regiões de alta montanha no Brasil

Você sabia que o Brasil tem 40 pontos culminantes acima de 2000 metros de altitude? Geralmente na Europa e em particular na França que é o berço do alpinismo e do montanhismo, considera-se que a alta montanha corresponde a localidades situadas acima de 2000 metros de altitude. A alta montanha é ideal para fazer excursões pedestres e acampar (trekking), mas quais são as regiões de alta montanha no Brasil? Para quem mora em São Paulo, no Rio de Janeiro, no Sul de Minas Gerais ou no litoral entre São Paulo e Rio de Janeiro, a região da Serra da Mantiqueira, das Prateleiras e de Itatiaia é o lugar ideal para curtir a montanha. Essa região que fica na divisa dos estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro oferece nada menos do que 19 pontos culminantes acima de 2000 metros de altitude: 13 na Serra Mantiqueira, 3 na Serra das Prateleiras e 3 na Serra de Itatiaia conforme divulgado no “Anuário estatístico do IBGE 2015”. O gráfico que segue apresenta a repartição dos 40 maiores pontos culminantes do Brasil entre as serras de alta montanha do Brasil.

 

Os 40 picos mais altos do Brasil

O gráfico que segue apresenta a lista dos 40 picos mais altos do Brasil com altitude superior a 2000 metros.

Lista dos 40 maiores pontos culminantes ou picos do Brasil

Ref Estado Serra Pico Latitude Longitude Altitude
1 Amazonas Serra do Imeri Pico da Neblina + 00º48’01” – 66º00’25” 2995,3
2 Amazonas Serra do Imeri Pico 31 de Março + 00º48’22” – 66º00’17” 2974,2
3 Minas Gerais Serra do Caparaó Pico da Bandeira – 20º26’04” – 41º47’44” 2891,3
4 Minas Gerais Serra da Mantiqueira Pedra da Mina – 22º25’40” – 44º50’33” 2798,1
5 Minas Gerais Serra do Itatiaia Pico das Agulhas Negras – 22º22’47” – 44º39’40” 2790,9
6 Minas Gerais Serra do Caparaó Pico do Cristal – 20º26’37” – 41º48’40” 2769,1
7 Roraima Serra de Pacaraima Monte Roraima + 05º12’07” – 60º44’13” 2739,3
8 Rio de Janeiro Serra das Prateleiras Morro do Couto – 22º23’04” – 44º41’49” 2680,0
9 Minas Gerais Serra da Mantiqueira Pedra do Sino de Itatiaia – 22º22’13” – 44º39’42” 2670,0
10 Rio de Janeiro Serra da Mantiqueira Pedra do Altar – 22º22’24” – 44º40’22” 2665,0
11 São Paulo Serra da Mantiqueira Pico Três Estados – 22º24’22” – 44º48’34” 2665,0
12 Espírito Santo Serra do Caparaó Morro da Cruz do Negro – 20º24’52” – 41º48’10” 2658,0
13 Espírito Santo Serra do Caparaó Pedra Roxa – 20º25’46” – 41º47’14” 2649,0
14 Espírito Santo Serra do Caparaó Pico do Tesouro – 20º23’05” – 41º47’21” 2620,0
15 Rio de Janeiro Serra da Mantiqueira Pico da Maromba – 22º22’17” – 44º37’32” 2619,0
16 Minas Gerais Serra do Itatiaia Morro do Massena – 22º22’11” – 44º41’57” 2609,0
17 Rio de Janeiro Serra Fina Pico da Cabeça de Touro – 22º25’07” – 44º48’04” 2600,0
18 Amazonas Serra do Imeri Pico do Cadorna + 00º47’50” – 66º00’30” 2596,0
19 São Paulo Serra da Mantiqueira Morro do Tartarugão – 22º26’04” – 44º51’18” 2595,0
20 Rio de Janeiro Serra da Mantiqueira Pedra Furada – 22º21’28” – 44º43’25” 2589,0
21 Espírito Santo Serra do Caparaó Pico do Tesourinho – 20º23’54” – 41º47’38” 2584,0
22 Minas Gerais Serra Negra Pico Serra Negra – 22°20’07” – 44°39’53” 2572,0
23 Rio de Janeiro Serra do Alambari Pedra Cabeça de Leoa – 22º23’12” – 44º36’58” 2483,0
24 Rio de Janeiro Serra das Prateleiras Pedra Assentada – 22º23’57” – 44º39’39” 2453,0
25 São Paulo Serra da Mantiqueira Pico dos Marins – 22º30’09” – 45º07’16” 2420,7
26 Rio de Janeiro Serra da Mantiqueira Pedra Cabeça de Leão – 22°23’15” – 44°37’39” 2420,0
27 São Paulo Serra da Mantiqueira Alto Capim Amarelo – 22º25’54” – 44º53’21” 2392,0
28 Roraima Serra Araí Arabapo + 05º00’00” – 60º36’00” 2370,0
29 Minas Gerais Serra Santo Agostinho Pico do Garrafão – 22°12’03” – 44°45’58” 2359,0
30 Rio de Janeiro Serra dos Órgãos Pico Médio de Friburgo – 22°20’34” – 42°43’36” 2310,0
31 São Paulo Serra da Mantiqueira Pico Itaguaré – 22º29’09” – 45º05’00” 2308,0
32 Rio de Janeiro Serra da Mantiqueira Pico da Cara de Gorila – 22°23’00” – 44°36’27” 2281,0
33 Rio de Janeiro Serra dos Órgãos Pedra do Sino 22°27’42” – 43°01’52” 2275,0
34 Rio de Janeiro Serra das Prateleiras Morro do Urubu – 22°24’38” – 44°39’54” 2270,0
35 Rio de Janeiro Serra dos Órgãos Morro da Luva – 22°28’15” – 43°03’21” 2263,0
36 Amazonas Serra do Imeri Pico Guimarães Rosa + 00º44’38” – 65º34’40” 2105,0
37 São Paulo Serra da Bocaina Pedra Alta – 22º42’29” – 44º35’00” 2095,0
38 São Paulo Serra Pedra Azul Morro Tira Chapéu – 22º46’13” – 44º39’35” 2088,0
39 São Paulo Serra da Mantiqueira Pedra do Selado – 22º53’47” – 46º03’01” 2082,0
40 Bahia Serra do Barbado Serra do Barbado – 13º17’47” – 41º54’26” 2033,3

Notas:

  1. A lista apresentada acima foi compilada com base nas listas que constam no anuário estatístico do IBGE (Tabelas de 2012 e 2015). O Parque Nacional de Itatiaia tem um ponto culminante relevante chamado “Pico das Prateleiras” que não consta na lista do IBGE. Esse ponto culmina a 2548 metros e é lindo. Ele está localizado bem perto do Morro do Couto e do Pico das Agulhas Negras.
  2. Esta lista foi compilada com o propósito de apresentar destinos de alta montanha acima de 2000 metros e não para servir como ranking.
Print Friendly, PDF & Email